O objetivo é alcançar jovens e adolescentes com uma linguagem inteligível dentro do universo deles, conforme 

Atos 17:23: (pois, andando pela cidade, observei cuidadosamente seus objetos de culto e encontrei até um altar com esta inscrição: AO DEUS DESCONHECIDO. Ora, o que vocês adoram, apesar de não conhecerem, eu lhes anuncio.)! Desta forma, dentro da proposta de postagens diárias através de devocionais desejamos que esta geração seja abençoada por estas publicações.

© 2017 por Wellington. Orgulhosamente criado com Wix.com

January 14, 2018

Please reload

Posts Recentes

Estamos todos longe de Casa!

July 5, 2019

1/6
Please reload

Posts Em Destaque

Alien e o Ciclo de Vida do Pecado

 

Bom dia caríssimas e caríssimos companheiros de Parábolas Geek! Hoje quero analisar com vocês o clássico da ficção científica Alien, o 8º Passageiro e de que maneira podemos associar com o que chamei de "ciclo de vida do pecado". Preparamos com muito carinho e é inclusive este é um dos temas de nossas palestras presenciais em diversos lugares onde o Senhor tem nos levado!

 

Este filme de 1979 é considerado um clássico do diretor Ridley Scott e lançou a carreira da então jovem atriz Sigourney Weaver como a tenente Ripley, um dos personagens mais icônicos do cinema. A cultura americana apresentou, na década de 70 do século passado, o ápice no interesse sobre o assunto de OVNI's e teorias da conspiração do governo americano por parte de ufólogos de diversas partes do mundo. Eles alegavam que o governo americano escondia do grande público provas de um contato extraterrestre. Um dos casos mais emblemáticos a este respeito é o chamado caso Roswell, em que um jornal local relata a queda de um objeto voador não identificado em 1947.

 

Estas especulações têm relação direta com as descobertas na física e astronomia, que ganharam fôlego com a corrida espacial entre EUA e União Soviética devido ao evento geopolítico denominado, Guerra Fria. Alguns passos concretos da humanidade rumo ao espaço e todo tipo de especulação começou a ser tratado, inclusive que presidentes teriam extraterrestres trabalhando secretamente para o governo.

 

 

Mais uma vez, tentamos trazer rapidamente a vocês, o contexto histórico e cultural no qual o filme está inserido. A indústria do Cinema é fruto dos anseios e ambientes culturais de seu tempo e atentar para este detalhe nos ajuda a entender um pouco mais sobre porque os filmes foram produzidos quando foram produzidos.

 

Um dos pontos altos do filme é a maneira como os alienígenas são representados, pois até então eram imaginados com características humanoides com modificações no tamanho dos olhos, cabeça e dedos. Intelectualmente mais sábios e tecnologicamente mais desenvolvidos que os humanos.

 

Antes que alguém diga que este pastor acredita em extraterrestres deixe-me relembrar que todas as "provas" levantadas, e que seriam hipoteticamente confirmações da existência de vida em outros planetas não passam de tentativas de encaixar a História na narrativa dos ufólogos.

 

Usar os egípcios, pirâmides e alguns hieróglifos para demonstrar sua presença entre nós, não passa de uma tentativa de organizar fontes históricas de uma maneira parcial e muito discutível que exatamente por causa disso acaba perdendo a credibilidade. Todos os programas que tratam do assunto na TV, sempre viajam o mundo todo falando sobre suas teorias em cenários maravilhosos, porém sempre supondo, nunca afirmando nada.

 

 

Segundo a Bíblia, o homem foi feito à imagem e semelhança de Deus e por isso não haveria condições para que outras raças e outras espécies pudessem habitar outros planetas. Encerramos assim, esta introdução que seria o post todo pelo seu tamanho.

 

A história do filme se passa em uma nave espacial que está retornando para a Terra rebocando uma refinaria de minério gigantesca aparentemente abandonada. Um dos tripulantes é pego por um animal semelhante a uma grande aranha que se enrosca em seu pescoço e rosto, deixando-o logo em seguida morrendo. Ele na verdade é um dos estágios do ciclo de vida do Alien. Para facilitar o entendimento do processo e os princípios que queremos apresentar hoje na parábola, vamos descrever todas as fases da vida de um Xenomorfo (nome dado à criatura que é o antagonista do filme)

 

 

 

A primeira fase do ciclo começa com o ovo que é posto por uma rainha. Seres vivos que sirvam como hospedeiros são trazidos para o local onde os ovos estão por outros Xenomorfos adultos e ficam presos às paredes para que quando os ovos abrirem, possam liberar o Abraçador. Tem uma altura de aproximadamente 60 cm pesando cerca de 27 quilos cada.

O rompimento do ovo gera a segunda fase do ciclo que  é denominado como "Abraçador" em tradução livre de Facehugger.

 

 

Nesta fase do ciclo de vida dos Xenomorfos ele é uma criatura aracnídea com uma cauda. Seu objetivo é encontrar um indivíduo para então incubar um embrião em seu interior. Este embrião passa então a parasitar o hospedeiro para se desenvolver. Quando o ciclo termina, o embrião agora com o nome de "Estoura-Peito" rompe o abdome da vítima causando a morte do indivíduo.

 

 

Esta fase é a mais vulnerável da criatura, por esta razão ela procura se esconder em locais escuros para permanecer protegida enquanto se alimenta de tudo o que estiver em sua frente, pois o ácido digere qualquer alimento transformando-o em energia. Este processo evolutivo garante a esta espécie um desenvolvimento no período de 24 horas para a fase adulta dos Xenomorfos. Este crescimento rápido gera um desenvolvimento acelerado da Colônia.

 

 

Este ciclo de vida semelhante ao de muitos insetos foi uma das principais inovações trazidas para este filme. A trama se desenvolve a partir da tentativa dos tripulantes humanos em impedir que a nave retorne à Terra para que a colônia de Xenomorfos na nave possa destruir a humanidade. De todos os que estão na empreitada, apenas a Tenente Ripley sobrevive para os próximos filmes da série.

 

Em nossa análise dos princípios para este texto, pensamos a respeito do pecado na vida do ser humano. Fazendo uma analogia com o ciclo de vida dos Xenomorfos, podemos perceber que o pecado possui um ciclo muito semelhante a este que expusemos aqui. Vejamos:

 

1) O início do processo de queda do ser humano diante do pecado não acontece internamente, mas externamente ao indivíduo. Como os ovos postos diante do candidato a hospedeiro, o pecado antes de o ser, é uma tentação que aguça os sentidos para que seja assimilado. Só se transformará em algo palpável, se insistirmos em ficar flertando com ele.

 

"Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca". Mateus 26:41

 

Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar. 1 Coríntios 10:13

 

Tendo terminado todas essas tentações, o diabo o deixou até ocasião oportuna. Lucas 4:13

 

 

2) Permanecendo diante da tentação, fatalmente o indivíduo (homem ou mulher) entrará no próximo estágio do pecado, onde o mesmo será incubado, internalizado como o papel do Abraçador no ciclo de vida Xenomorfo. Aquilo que era um pensamento abominado, começa a ser aceito. A mentalidade favorável com relação a prática pecaminosa tenta justificar o pecado para que possa ser mais fácil de praticá-lo. Aquele que achava que o sexo antes do casamento era algo impensável, após algum tempo de namoro, pode pensar: "Todo mundo faz, que mal, tem? Eu o amo, eu a amo, estaremos selando nosso amor." Entende como isso é perigoso? Ao permitirmos que o pecado seja aceito em nossa mente, seremos hospedeiros para que ele se alimente de nossa alma para que cresça dentro de nós.

 

Mas o pecado, aproveitando a oportunidade dada pelo mandamento, produziu em mim todo tipo de desejo cobiçoso. Pois, sem a lei, o pecado está morto. Romanos 7:8

 

3) Quando o processo de incubação do pecado termina ele está pronto para se materializar na vida do indivíduo. Como na fase do Estoura-Peito, ele causa um dano tremendo na vida da pessoa, mas ainda está vulnerável. É aquele período onde o arrependimento surge após a prática. Um vergonha, um desgosto, um desejo de voltar atrás. Este é o período em que ele ainda está frágil e por isso procura os lugares escuros para poder crescer. Nesta fase a pessoa esconde suas práticas, normalmente deixa o convívio com outros irmãos que possam repreende-lo ou mostrar que ele está agindo errado.

 

Assim surgiu João, batizando no deserto e pregando um batismo de arrependimento para o perdão dos pecados. Marcos 1:4

 

Dêem fruto que mostre o arrependimento! Mateus 3:8

 

4) Se as práticas continuarem, o coração vai endurecendo como a pele de um Xenomorfo e o retorno, embora não seja impossível para Deus, vai ficando cada vez mais difícil, tamanha mentalidade endurecida pelo pecado que cega e não permite que se tome o caminho de volta por si mesmo. O pecado toma o controle das emoções e sentimentos e a Palavra de Deus que um dia o tocava, já não faz mais diferença.

 

Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Tiago 1:15

 

Sempre é tempo de retorno aos braços do Pai, um coração arrependido não será rejeitado por Ele! Se por um acaso você que nos acompanha hoje, um dia já caminhou com Cristo, mas hoje por qualquer eventualidade da vida se afastou dos caminhos, nos procure pois Deus quer você de volta! Estamos aqui para ajudá-lo em sua caminhada. Se por outro lado você identifica os estágios do pecado em sua vida, volte atrás enquanto ainda é tempo e tenha uma vida de vitória com Ele!

 

Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás. Salmos 51:17

 

Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade. Salmos 46:1

 

Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem. Salmos 23:4

 

Tenha um dia excelente na presença de Deus!

 

Se você gostou do texto, deixe seus comentários sobre ele! Queremos ouvir sua opinião a respeito!

 

Pastor Eduardo Medeiros

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • 11-instagram