O objetivo é alcançar jovens e adolescentes com uma linguagem inteligível dentro do universo deles, conforme 

Atos 17:23: (pois, andando pela cidade, observei cuidadosamente seus objetos de culto e encontrei até um altar com esta inscrição: AO DEUS DESCONHECIDO. Ora, o que vocês adoram, apesar de não conhecerem, eu lhes anuncio.)! Desta forma, dentro da proposta de postagens diárias através de devocionais desejamos que esta geração seja abençoada por estas publicações.

© 2017 por Wellington. Orgulhosamente criado com Wix.com

January 14, 2018

Please reload

Posts Recentes

Estamos todos longe de Casa!

July 5, 2019

1/6
Please reload

Posts Em Destaque

Namoros Explosivos

 

 

 

Olá caro amigo ou amiga de Parábolas, como está? Espero do fundo do coração que você esteja muito bem neste dia que o Pai nos concedeu!

 

O texto de hoje surgiu da dúvida de uma jovem com relação aos desafios de seu namoro. Neste relato, nossa amiga encontra-se em uma grande batalha contra o pecado e o remorso no que diz respeito a intimidade pré-nupcial. Embora segundo a história, não tenham mantido relações sexuais, a intimidade física está gradativamente os levando para isso. Cada vez que estes momentos passam, a culpa, o remorso e a tristeza inundam sua alma, pois afinal, o casal deseja servir ao Senhor, mas não consegue parar com as carícias e toques físicos. Gostaria de começar com uma frase de seu discurso:

 

Sinto-me triste por esse erro e por varias outras coisas ele implica, por exemplo, o fato de pensar que há tantos personagens bíblicos que resistiram a coisas piores e eu consigo ser fraca o suficiente para não resistir a isso.

A Bíblia traz muitos relatos de homens e mulheres que realmente resistiram. Porém, praticamente todos eles foram pessoas comuns como eu e você que erraram ao longo de sua jornada: Adão e Eva desobedeceram a uma ordenança divina; Abraão mentiu para faraó sobre sua esposa e cansou de esperar pela promessa de Deus sobre seu filho, mesmo assim ficou conhecido como Amigo de Deus. (Tiago 2:23). Davi adulterou e mandou um soldado honrado para a morte, mas ficou conhecido como o Homem Segundo o coração de Deus (Atos 13:22). Pedro negou a Cristo três vezes, mas foi chamado de rocha e foi um dos maiores líderes da igreja primitiva (Mateus 16:18). Paulo perseguia cristãos, mas terminou seus dias sendo perseguido por causa de seu amor e dedicação a Cristo, e os exemplos são incontáveis. 

 

Não devemos nunca nos esquecer de que Deus sabe de nossa condição humana e não podemos trazer uma nuvem de condenação sobre nós mesmos. Se nos arrependermos genuinamente do que fazemos, Ele é Fiel e Justo para nos perdoar de toda a iniquidade.

 

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. 1 João 1:9   

 

Podemos esperar pelas consequências de nossos atos, mas nunca nos privarmos do amor consolador de nosso Pai. Um ministro de louvor muito querido chamado Nic Bilmann diz em uma de suas canções que: “Quando eu caio, é o som do seu riso que me põe de pé”.

 

Visto isso, é importante sintetizar o problema de muitos casais de namorados cristãos em todos os tempos:

  1. Os namoros começam com expectativas de santidade em oração;

  2. As Famílias aprovam o relacionamento amoroso de seus filhos; 

  3. Depois de pouco tempo as intenções iniciais começam a ser deturpadas por desejos carnais que vão, gradativamente levando o casal a ter uma intimidade que não está autorizada para eles;

  4. Quando começam a pecar, alguns minutos de prazer são logo substituídos por semanas de remorso, arrependimento e tristeza que, se não for tratado, separará o casal e os afastará de Deus;

Neste sentido, precisamos conversar sobre as causas para esta intimidade precoce entre os casais e em como podemos evitar situações que levem o casal a pecar. A intimidade em si é algo muito bom e foi criado por Deus para ser usufruído dentro do casamento. A razão para isso? Intimidade gera um laço de alma entre o casal.

 

e os dois se tornarão uma só carne’. Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Marcos 10:8  

 

Este laço de alma será estabelecido em TODOS os relacionamentos sexuais que uma pessoa tiver, gerando problemas que deixaremos para falar em uma outra ocasião.

 

Por isso, se por ventura você está nesta situação de intimidade que sabe que não deveria usufruir com seu namorado ou namorada, gostaria que pensasse nestes pontos bem práticos de seu relacionamento:


1) Qual é a ignição para o contato excessivo que vocês têm tido?
2) Qual é o ambiente propício para que vocês estejam em uma situação que os leve a cair?
3) Quanto tempo vocês passam sozinhos?
4) Se vocês creem nos mesmos princípios, então precisam acreditar que Deus é poderoso para os fazer manter a santidade no namoro.

 

Se você pensou nestas questões bem práticas, posso aconselhar o seguinte: é óbvio que vocês só cairão quando estiverem sozinhos. A maneira mais simples de resolver o problema é não ficarem sozinhos...

 

 

Acabando com a condição que os leva a cair, vocês acabam com a queda. Parece simples não é? Mas é claro que é mais complicado que isso... Quando fizerem um pacto com Deus de se manterem puros, o inimigo vai tentar proporcionar momentos em que acabem ficando sozinhos. É neste momento que o pacto precisa falar mais alto e vocês fugirem das situações. 
Vigiem e orem para que não caiam em tentação.

 

O espírito está pronto, mas a carne é fraca. Marcos 14:38

 
Mesmo assim as situações difíceis podem continuar acontecendo pois este é um pecado secreto que só vocês saberão que aconteceu. A medida de proteção adicional para ajudar o casal a manter seu propósito é orar e escolher um casal maduro e estável que possa ser o casal prestador de contas para ambos. A função deste casal que pode ser o  seu casal de líderes ou seus amigos, é perguntar como vocês estão na área sexual. Quando souberem que alguém vai perguntar sobre isso, vocês pensarão duas vezes antes de fazer qualquer coisa.

 

Os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem sucedidos quando há muitos conselheiros. Provérbios 15:22 


E claro, o foco do casal nesta fase do relacionamento deve ser o Senhor. Quanto mais intimidade buscarem Nele, mais vocês se fortalecerão para as dificuldades da carne. Tudo é uma questão de alimentação. Se alimentarem o espírito, a carne se enfraquece, se alimentarem a carne, o espírito se enfraquece. A decisão é de vocês! 

 

Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam. Gálatas 5:17

 

Um erro bastante comum e perigoso que fornece a desculpa para o casal estar sozinho é o tempo de oração juntos normalmente no quarto de um dos dois. Fujam disto! Os níveis de intimidade de um casal são: intimidade física, emocional e espiritual. A física é a mais fraca delas pois qualquer um pode manter intimidade física com outra pessoa. A emocional e a espiritual devem ser construídas ao longo do tempo e levam a intimidade física. Portanto não passem tempo orando sozinhos em lugares isolados. Protejam-se orando juntos na igreja, em casa com a família, sempre à vista de outras pessoas. Guardem esta arma poderosa para ser usada depois do casamento:

 

"Também lhes digo que se dois de vocês concordarem na terra em qualquer assunto sobre o qual pedirem, isso lhes será feito por meu Pai que está nos céus." Mateus 18:19

 

Espero do fundo do coração que este texto possa acalentar e trazer esperança a muitos casais sinceros, que estão errando e sofrendo por falta de conhecimento! Tenha um ótimo dia na Presença do Pai!

 

Pastor Eduardo Medeiros

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • 11-instagram